logo
Ver post

Intensos expectadores na natureza

Hoje a caminhada foi mais longa do habitual. Iniciei mais cedo, acordei com muita energia talvez pelos dias primaveris que finalmente chegaram. Entretanto, lembro: há muito que desejo conhecer a praia dos pescadores.

Consegui chegar mesmo na hora do arrasto artesanal do peixe. Observo todo o reboliço de longe e admiro todo o trabalho duro dos homens do mar. No entanto, após alguns momentos sinto o sol mais quente e preciso descansar um pouco. Embrenho-me um pouco na vegetação até encontrar o local ideal para sentar e relaxar com a brisa marítima a misturar-se com a frescura verde matinal.

Quando a azáfama acalma um pouco oiço um carro a parar perto. Consigo vislumbrar por entre os fetos do meu lado esquerdo, um jipe que estaciona embrenhado entre os eucaliptos. Saem duas mulheres de cada porta da frente. Ambas alegres mas de postura receosa. 

Observam em redor ao aproximarem-se. Uma trás um vestido floreado de cores tropicais, comprido, a outra trás um vestido mais curto, solto e de padrão mais sóbrio, azul marinho com pintas rosa ou vermelhas.

(...)

A mulher de vestido longo parece ser a mais atrevida, mais exploradora com as mãos. Consegue me surpreender de novo quando abre os botões do vestido azul. Quase me espanto com o vislumbre da lingerie.  São tiras pretas que contornam as curvas da mulher de tez branca sarapintada de sardas. Os seios arredondados com mamilos claros ficam expostos, irresistíveis para a boca que os percorre. Sinto-me salivar de desejo, enquanto me delicio com cada movimento da mulher que quase a despe. O vestido fica aberto apenas até à cintura e dois botões em baixo que permitem ver a coxa onde termina a lingerie: uma espécie de liga preta.

A menina tímida está encostada a um grande eucalipto, quase inerte deixando-se dominar pela atrevida que a beija e a toca eroticamente. O vestido longo também é desapertado, permitindo ver uma lingerie mais discreta. Umas meias de liga, cor de pele abraçam as coxas grossas e um soutien rendado branco cobre os seios mais pequenos mas de mamilos mais escuros e bem enrijecidos sob o tecido. A mão da menina tímida é conduzida até ao ventre da outra. Ambas estão com expressões de prazer e contagiam-me com tesão.

Não quero que me descubram e sinto sempre algum receio quando se viram na minha direcção. No entanto, os olhares em procura de algo em redor focam-se muito no carro que foi deixado com uma porta aberta, a mesma que de alguma forma me cobre. A determinada altura a dominante aproxima-se do carro e dizendo algo, puxa alguém de dentro da viatura. Tremo no interior e agacho-me um pouco mais. Percebo melhor os olhares. Elas exibiram-se para ele. Um homem moreno, de cabelo escuro com algumas madeixas grisalhas, camisa clara com padrão pequeno e calça de ganga justa aproxima-se pela mão.

Nunca imaginaria tamanha aventura em plena manhã fresca de Primavera. Depois da caminhada desejada, sinto-me invadir de sensações e emoções até agora desconhecidas. Deveria tentar sair agora pois adivinho o que irá acontecer mas se o fizer, irei me denunciar. Fico e continuo pleno expectador da privacidade daquelas pessoas ricas em tanta volúpia.

Continua em : http://volupialunar.blogspot.com/2018/06/intensos-expectadores-na-natureza.html

meigos_e_abusados 17.09.2018 0
Comentários
Filtrar:
Resultados
 
  • Ainda não há comentários
Informação
flag meigos_e_abusados

gondomar

 40  36
17.09.2018 (90 dias atrás)
Votar
0 Votos
Acções
Categorias
Entertainment Blogs (21 posts)
Holidays (1 posts)
Tags
Vazio