logo
Ver post

Segredos

Sentou-se com aquelas belas pernas à mostra. Meti-lhe as mãos pelas coxas e disse-lhe: - Puta já estás molhada? Abri a braguilha, o caralho a ser tirado para fora e ela começou a saborear o meu caralho. Delicioso o broche... Agarrei-a, por trás, beijei-a na boca violentamente e meti-lhe a mão na cona húmida. Molhando-se mais ainda... Já dizia: - Fode-me... Quero ter prazer comigo. Aquele cu virado para mim, comecei lentamente a dar palmadas naquelas nádegas deliciosas e apelativas para depois sentirem o meu corpo todo em cima delas. Da-me um imenso tesão em ouvir os seus gemidos de prazer e não de dor, o notar que as nádegas começavam a ficar avermelhadas sem que se queixasse. Demasiado tesão. Comecei a brincar com os mamilos. Gemeu deliciada e deixei a mão ao de leve percorrer o seu corpo. De repente apertei um mamilo e gritou. O tesão era demasiado para estes jogos de prazer. Abri-lhe as pernas, meti a cabeça entre as pernas e iniciei um brutal minete. Aquela coninha queria língua, queria caricias, queria tudo.... A forma como mexia as ancas, e ondulava a barriga estava a dar sinal que se iria vir em breve. Eu queria que se viesse na minha boca. Eu queria o seu mel. Veio-se, e gritos e gemidos ruidosos... Hummm tão bom. Precisava de a foder. Deitei-me de costas e ordenei. - Vem-me foder, anda. - Domina-me tu a foder. Foi demais. Por cima enterrou-o todo na cona e subindo e descendo, veio-se várias vezes... Sim fode... Daí a pouco explodi em rios de esporra dentro daquele corpinho... Caímos para o lado satisfeitos e cansados...

BlueEyesCouple 11.04.2016 0
Comentários
Filtrar: 
Resultados
 
  • Ainda não há comentários
Informação
Votar
0 Votos
Acções
Categorias
Entertainment Blogs (44 posts)
Lifestyle (1 posts)