logo
Messages vus

Jantar Swinger - Estudo Científico

- Esta sexta vamos jantar com os “Malucos-da-Ponte”.

- Raio de nick…

- Eu gostei muito dela. E mais importante, gostei muito dele! Até se podiam chamar matraquilhos. Alem do mais são duas pessoas com quem se conseguiu ter uma conversa inteligente. Sabes muito bem como é difícil ter duas cabeças interessantes agarradas a dois corpos que apetece comer. - Como é habitual acenei com a boca e olhos e virei costas. Por mim até comprava lanche/jantar, ia de tarde para um quarto com eles e fazíamos um lanche tipo orgia romana.

 

Um jantar com um casal swinger reúne 4 coisas muito boas para a saúde.

 

1º Dado científico – Devemos pensar muito bem no que vamos comer. Primeiro porque gordura que escorrega pelos cantos da boca, não excita. Segundo, porque uma barriga muito cheia dificulta qualquer acto de grande, médio ou pequeno esforço físico, onde se inclui sexo. Além de que, um momento de esforço físico ou um grande momento de excitação podem ser muito prejudiciais à digestão, podendo mesmo derrapar numa congestão. Terceiro. A ingestão de uma leve refeição satisfaz a fome e deixa caminho livre ao aumento da libido. Quarto. Por muito que nos agrade a companhia, a verdade é que são duas pessoas com quem queremos fazer uma corridinha: quem se despe primeiro? E no meio de toda aquela conversa, muito interessante, já só nos vem à cabeça “como será chupar-lhe o membro; como será lamber-lhe o sexo; como será que ele me espeta; como será agarrar-lhe nas ancas e dar-lhe com força”. Pelo que, a refeição nunca poderá ser muito longa.

Conclusão: Uma leve refeição (menos calorias). Exercício. Excitação (muito bom para o coração).

 

2º Dado científico – No ponto anterior referimos a sede que nos dá estar ali com gente que preferíamos comer primeiro que a comida em cima da mesa. A sede é a chave. Na impossibilidade de não os podermos agarrar logo ali, bebemos. Um jantar com “Coca-Cola”? Pois. Também nos parece. O que acontece então. Álcool. O cérebro vai aumentar a corrente sanguínea para membros como o fígado, rins coração e estômago para nos safarem do etanol (a principal molécula que compõem as bebidas alcoólicas) e que tem a mania de se alojarem nos tecidos com maior composição em água. Como geralmente o ritmo com que bebemos (sequiosos por metermos a boca noutras coisas) é maior do que o tempo que o fígado leva a decompor as moleculazinhas de etanol. Estas começam a minar o corpo. Entre outras coisas em diferentes partes do corpo, quando chegam ao cérebro, estimulam-no a produzir uma quantidade extra de serotonina. Esse neurotransmissor - substância que leva mensagens entre as células - serve para regular o prazer, o humor e a ansiedade. Por isso, um dos primeiros efeitos do álcool é deixar a pessoa desinibida e eufórica. Ora, isto parece promissor. O pior é o resultado na prática: sem reacção na parte do corpo que interessa, porque o sangue que deveria estar a irrigar essa zona do corpo, está ocupado a tentar oxigenar o fígado (que tenta dividir para melhor eliminar o etanol), a tentar oxigenar o estômago (que se tenta defender das queimaduras provocadas pelo etanol misturado com suco-gástrico), a acalmar os rins (porque, quem bebe tem mais vontade de fazer xixi e isso não é só pela quantidade de líquido ingerido. O etanol age na hipófise, uma glândula no cérebro e lá, ele inibe a produção de um hormônio que controla a absorção de água pelos rins. Com menos líquido absorvido, mais urina é eliminada, logo mais água e já se sabe que o nosso corpo não pode perder certos níveis de água), e a minimizar efeitos colaterais no coração (porque pela miginha são eliminados minerais como magnésio e potássio que ajudam a manter o batimento cardíaco regular). Portanto e para resumir, tanto “euforísmo” e a pólvora sem poder para explodir! Mas não fica por aqui: existem outros dois neurotransmissores que são afectados. O etanol inibe a libertação de “glutamato”, que por sua vez regula o “gaba”. Sem o controle do glutamato, mais gaba é libertado no cérebro. Como esse neurotransmissor provoca que os neurónios trabalhem menos, a pessoa perde desde a coordenação até ao autocontrole… Lentamente, mas cada vez mais pronunciadamente queremos tocar um seio e apertamos o nariz, ou queremos beijar uma barriga e babamo-nos!

Como não queremos que esta confusão toda nos deixe murchos ou secos, deveremos beber pouco, com muita moderação.

Recordamos que a ingestão de água às refeições não é aconselhada, também.

Conclusão: a ingestão moderada de álcool ajuda a digestão, equilibra níveis de água no corpo e acciona neurotransmissores reguladores do humor e prazer.

 

3ª Dado científico - Nunca é muito bom reprimir, durante muito tempo, certos ímpetos. O nosso cérebro consegue guardar até o equivalente a (imaginemos que temos um disco duro de 1 GB) 100MB de sentimentos reprimidos. O que acontece depois é, aquilo a que agora pomposamente chamamos de stress. Antes falamos nos neurotransmissores, bichinhos químicos que transportam impulsos eléctricos (mensagens) entre neurónios, células, partes do corpo. Estes, quando o cérebro atinge a capacidade máxima de repressão de sentimentos e desejos, transmitem mensagens erradas, impulsos enganados, aumentando ainda mais a carga de correcções que outros neurotransmissores, outras partes do cérebro, tem a fazer. Rapidamente o cruzamento de informações erradas, de correcções será tal que o resultado é sempre imprevisto, a nível psicológico e mesmo motor.

Claro que é chato despirmo-nos em pleno restaurante, por muita vontade que nos dê de enterrarmos a nossa boca no decote assanhado à nossa frente.

Mais grave será que, a nudez, em lugares públicos e com portas e/ou janelas abertas, podem provocar leves, médias ou graves constipações.

Conclusão: Alem da ideia do jantar poder demorar apenas o tempo necessário para nos divertirmos com a conversa, aprendermos alguma coisa (aprende-se sempre se soubermos ouvir os outros), excitarmo-nos com leves provocações e sorrisos eróticos, será de todo aconselhado que aja movimentos provocatórios, educados mas eróticos, debaixo da mesa para que a serotonina transmita os impulsos que libertam o stress da acumulação de sentimentos repressivos e impulsos nervosos que relaxam o sistema muscular.

Conclusão: reprimir pouco mas um bocado. Não reprimir muito, mas não libertar demais. Já todos ouvimos falar de festas que acabam antes de começar.

 

4º Dado científico: desde tempos imemoriais que se prova que o consumo de alguns alimentos juntamente com a prática de rituais sexuais depravados e confusos agrada aos deuses!

Conclusão: Já fazemos tanto para desagradar os deuses, vamos lá agrada-los mas com moderação, não nos rituais sexuais confusos mas bons (depravados mas muito bons), mas sim no consumo de alimentos e bebidas que podem afectar o desempenho dos ditos rituais, assim como gastar pilhas neurotransmissores!

 

Por mim o que eu aconselho é combinar um leve jantar, tipo lanche, sem muitas bebidas alcoólicas, num qualquer quarto de motel, hotel ou residência privada, com horário marcado das 15h às 24h. Ainda nos deitamos cedo (e já sabemos que deitar cedo e cedo erguer…) e aproveitamos o dia quase todo! E agradamos aos deuses!

 

- Amor, eles não quereriam antes sair sábado á tarde. Íamos logo para o hotel, divertíamo-nos, fazíamos um lanche tipo jantar, divertíamo-nos mais um bocado e ainda vínhamos a tempo de ver o resumo da bola?
- Anjinho, amor. Deixa-te dessas tuas modernices!

anjos_azuis 20.03.2013 4
Commentaires
Trier par:
Par page:
 
  •  marenrolanareia: 
     
    Pena estarem longe,mas estão convidados ,caso venham revesitar a cidade do "convite"
    o lanche de potassio e zinco regado por etanol de Palmela é por nossa conta .
    Quanto a leito sonhamos a muito com Troia onde exite um jacussi onde nunca fomos por falta de companhia.....isto não é facil....voces sabem....Parabéns pela partilha do vosso saber
     
     27.03.2013 
    0 points
     
  •  sakura69: 
     
    Muito bom... O programa mais racional que ja vimos.:)
     
     21.03.2013 
    0 points
     
  •  Ana_Miguel: 
     
    Divinal...
     
     20.03.20131 réponses1 réponses 
    0 points
     
Info du message
flag anjos_azuis

Amarante

 47  47
20.03.2013 (il y a 2454 jours )
Évaluer
5 votes
Actions
Categories
Entertainment Blogs (5 messages)